Notícias

Elejor e o Lactec promovem Gincana Ambiental

Publicada em 19/12/2014

A Elejor e o Lactec promoveram a Gincana Ambiental, uma atividade de Educação Ambiental dentro do projeto sobre Corredores Ecológicos.

Participaram da gincana as escolas estaduais dos municípios de Candói, Pinhão e Foz do Jordão, municípios estes que se encontram na área de influência sócio ambiental das Usinas Santa Clara e Fundão, Complexo Energético da Elejor.

Flora Leitão, da Divisão de Meio Ambiente do Instituto Lactec, informou que a Gincana foi realizada com o objetivo de incentivar alunos e professores a discutirem temas atuais na área ambiental de maneira lúdica. As práticas adotadas e a opção por trabalhar diretamente com os professores e alunos da região tiveram como objetivo complementar a atuação do projeto naquela região; e a escolha desse público é com o propósito desses educadores atuarem não apenas na escola, mas em toda a comunidade, funcionando como agentes multiplicadores capazes de estimular o interesse o envolvimento de todos na questão ambiental, acrescentou Flora.

O trabalho com as escolas da região faz com que a Elejor tenha um contato mais próximo com a comunidade que vive no entorno das usinas Santa Clara e Fundão. A importância da educação ambiental vai além de contribuir com a formação de um cidadão responsável com o ambiente onde vive, ela forma cidadãos críticos e aptos a lidar com os desafios atuais.“

O Coordenador de Meio Ambiente Luiz Eduardo Wolff explica que o sucesso do evento se deu devido ao envolvimento da coletividade “todos se integraram para que evento fosse um sucesso, e meio ambiente pressupõe exatamente isso: auxílio mútuo, cooperação, companheirismos e troca”salienta Wolff.

Para a iniciativa, a Elejor e o Lactec buscaram analisar se as áreas de preservação permanentes (APPs) mantidas nos reservatórios de complexo Fundão e Santa Cara (CEFSC) podem ser consideradas como corredores ecológicos para espécies de animais que vivem nesse local. APPs representam a faixa de 100 metros de Mata Ciliar no entorno dos reservatórios que foi preservada e reflorestada pela Elejor quando da construção das Usinas.

Toda essa vegetação pode servir de corredor para as espécies de animais transitarem de um trecho de floresta para outro, minimizando o risco do trânsito por locais sem floresta e serem caçados.

Esta movimentação para outros fragmentos serve também para essas espécies se reproduzirem com indivíduos de outras populações da sua espécie, garantindo assim uma diversidade genética.             

Voltar